Entenda o que é a metodologia ágil e como implementá-la

7 minutos para ler

O mercado altamente dinâmico da era digital requer o desenvolvimento rápido e de qualidade de produtos e serviços, fator que inclusive fomenta a competitividade da empresa em seu segmento de atuação. Nesse contexto, a metodologia ágil vem se destacando e sendo cada vez mais implementada no ramo corporativo.

Trazemos maiores detalhes sobre esse recurso na sequência explicando sua aplicação nas empresas, no gerenciamento de projetos, utilidades e importância. Prossiga a leitura para ficar por dentro do assunto!

Afinal, o que é a metodologia ágil?

Estamos falando de um modelo de desenvolvimento de produtos e serviços focado em rapidez nas entregas e alta adaptabilidade para maior satisfação e melhor atendimento das necessidades do cliente. Ele é receptivo a alterações e promove soluções com flexibilidade.

Inclusive, as próprias empresas utilizam a metodologia ágil na otimização de suas operações, como a Zara faz para enviar remessas de peças para suas lojas no mundo todo. Outro exemplo famoso é o da Apple: Steve Jobs chegou a afirmar em entrevistas que sua equipe não tinha coordenadores, apenas pessoas responsáveis por projetos.

Nesse sistema, um profissional é designado a cuidar do hardware do MacBook, outro responde pela câmera do iPhone e um terceiro fica encarregado do marketing global. Segundo Jobs, o time se reunia uma vez por semana para que todos se inteirassem de tudo que estava acontecendo no negócio.

Essa é outra característica marcante da metodologia ágil, a colaboração: o funcionário pode estar totalmente imerso na otimização da câmera do celular, mas está a par dos avanços de quem desenvolve o sistema operacional do aparelho. Por isso, boa comunicação é imprescindível nesse método, também adotado pelo Nubank, Facebook e PayPal.

Manifesto Ágil

O Manifesto Ágil é uma declaração divulgada por desenvolvedores de software em 2001 para a realização de projetos utilizando a metodologia ágil nos mais diversos segmentos corporativos. O documento traz 4 valores:

  • indivíduos e interações mais que processos e ferramentas;
  • software funcional mais que documentação abrangente;
  • colaboração do cliente mais que negociação de contratos;
  • responder a mudanças mais que seguir um plano.

Dá para notar pelos valores elencados a importância de um processo flexível na metodologia ágil. Além disso, existem 12 princípios regendo esse modelo, tais como a necessidade de adequação a mudanças para o cliente ter vantagem competitiva, a atenção à excelência técnica, o trabalho em conjunto e as entregas em uma menor escala de tempo.

Para que serve a metodologia ágil?

Vale ressaltar que esse método pode ser implementado de diversas maneiras, sendo a metodologia Scrum uma das mais populares no ambiente corporativo. Ela organiza as entregas nos projetos em ciclos denominados sprints: com duração de 2 a 4 semanas, aqui são desenvolvidas as funcionalidades priorizadas a partir do Product Backlog.

Esse termo designa uma lista que orienta a divisão das etapas e as tarefas a serem realizadas pela equipe em cada um dos sprints para a criação de um produto. Todo dia de manhã o time tem uma reunião para se inteirar sobre as atividades em andamento. Feitas as entregas daquele sprint, um novo começa a ser planejado.

Métodos ágeis também compreendem a metodologia Lean para otimizar a gestão, entre outros recursos. O exemplo do Scrum é útil para você entender os benefícios de aplicar modelos ágeis no gerenciamento de projetos elencados na sequência para sua empresa ter diferencial competitivo. Confira!

Transformações rápidas

O desenvolvimento de produtos e serviços é tradicionalmente feito em cascata, ou seja: as etapas do processo são sequenciadas e uma só começa quando a outra é finalizada. Já na metodologia ágil, várias fases podem ter suas tarefas sendo executadas de forma simultânea.

Por isso, esse sistema é marcado por múltiplas entregas e elas são mais frequentes. Baseado em ciclos curtos, aqui as demandas acabam sendo atendidas com rapidez e eficiência, pois todo o planejamento até a execução das atividades e a conclusão delas acontece no menor intervalo de tempo possível sem perder o foco em qualidade.

Assim, a metodologia ágil admite transformações rápidas em um modelo altamente adaptativo promovendo a inovação disruptiva, tão importante aos negócios. Tais fatores são de grande relevância considerando que estamos na era digital, marcada pelo constante avanço da tecnologia, crucial em todos os processos corporativos.

Customização do produto

Além de diminuir o delay entre as demandas do cliente e as entregas, a flexibilidade promovida por esse sistema garante o atendimento com excelência de todos os requisitos na criação de um produto ou serviço. Isso acontece porque aspectos fundamentais são priorizados.

Assim, se a intenção é criar um tênis de corrida leve para corredores profissionais, o peso é um atributo que influenciará no desenvolvimento ou escolha do material da entressola, por exemplo.

Logo, também fica mais fácil customizar um software para controle de estoque e vendas segundo os anseios e expectativas do contratante. Afinal, há centros de distribuição de diferentes tamanhos e sistemas logísticos organizados de formas distintas, variáveis conforme o bem comercializado, o porte da empresa e seu segmento de atuação.

Maior entrega de valor

A metodologia ágil é focada em testes e revisões constantes que otimizam as funcionalidades do produto e garantem o atendimento aos requisitos. A busca contínua por melhoria aumenta a qualidade das entregas e o cliente acaba adquirindo um item diferenciado, personalizado e altamente útil às suas necessidades.

Adequar perfeitamente a solução à demanda do comprador agrega valor ao bem. Esse trabalho só é realizado com tanto primor porque métodos ágeis são executados por times auto-organizados e multidisciplinares formados por especialistas das mais diversas áreas e com alta capacidade para a resolução de problemas.

Como implementar essa metodologia?

Primeiramente, invista em um planejamento para aplicar a metodologia ágil estabelecendo processos e rotinas de trabalho sem esquecer que ela é flexível. Analise o time que implementará a prática, seus líderes, de que forma a especialidade de cada um pode ser usada e em qual projeto é possível testar o recurso.

Alinhe os planos com a equipe para explicar as razões da mudança, forma efetiva de transmitir os valores organizacionais na adoção desse novo paradigma, evitar incongruências e dosar as expectativas. Ainda, analise os erros e acertos na execução a fim de promover melhorias contínuas no modelo e aprimorar a gestão empresarial.

Invista também no treinamento do time para estimular integração, diálogo, troca de informação e transmitir conhecimento. Lembre-se de que comunicação é fator crucial para que os colaboradores realizem suas tarefas com noção do todo, inteirados das atividades dos colegas, da qualidade esperada e objetivos da empresa com o trabalho.

A metodologia ágil é uma forma eficiente de gerenciar projetos e promover melhorias constantes nos processos de desenvolvimento de produtos e serviços. Ela pode ser aplicada nos mais variados segmentos e independentemente do porte da organização, medida efetiva para estimular a competitividade do seu empreendimento no mercado.

Se você gostou do assunto, que tal compartilhar o post nas redes sociais? É uma ótima forma de propagar boas práticas e fortalecer seus contatos.

Você também pode gostar

Deixe um comentário