Metodologia scrum: o que é e como funciona?

7 minutos para ler

O desenvolvimento de produtos e serviços pode ser feito de várias formas, sendo a metodologia Scrum um jeito rápido e eficiente de planejar e executar projetos nos mais variados âmbitos, do canteiro de obras ao lançamento de um novo software no mercado.

Entender o método pode ajudar você, gestor, a implementar melhorias operacionais e a otimizar o fluxo de trabalho. Como o processo é iterativo, as repetições das etapas garantem a revisão constante das entregas, reduzindo margem para falhas e gargalos.

Siga na leitura e confira como a metodologia faz a diferença no âmbito corporativo. Entenda melhor o conceito, de que forma o recurso funciona com softwares e a maneira pela qual ele pode ser aplicado em seu negócio de um jeito descomplicado. Vamos lá?

O que é o Scrum?

Estamos falando de um método ágil para o desenvolvimento de serviços e produtos, especialmente de softwares. Vale ressaltar: “método ágil” é aquele que prevê processos, comportamentos, ferramentas e práticas sistematizadas para a equipe chegar rapidamente a uma entrega final de alta qualidade.

A metodologia Scrum divide os projetos em ciclos chamados Sprints, cuja duração é de um mês, no máximo. Cada Sprint tem um conjunto de atividades a serem realizadas dentro do prazo determinado e elas são orientadas pelo Product Backlog, lista de prioridades estabelecida pelo Product Owner com as funcionalidades que devem ser desenvolvidas.

Assim, se a intenção é lançar um aplicativo de gestão para micro e pequenas empresas, esse gerente de projetos pode prever a necessidade de uma aba para abrir ordem de serviço no sistema, outra de contas a pagar e uma terceira de contas a receber. As entregas são feitas gradualmente com aprimoramentos e integralização do programa a cada etapa.

Embora o Product Owner seja o responsável pelo Product Backlog, as atividades de cada Sprint são definidas em reunião com a equipe na chamada Sprint Planning. O pacote de atividades de um Sprint fica descrito no Sprint Backlog e o acompanhamento de cada tarefa realizada no ciclo é feito diariamente em reunião, a chamada Daily Scrum.

Rápida revisão

Antes de seguirmos com o texto, confira uma lista simples e direta sobre os principais termos da metodologia Scrum já utilizados e explicados até agora:

  • Scrum: metodologia ágil de desenvolvimento de produtos e serviços;
  • Sprint: ciclo de um Scrum;
  • Sprint Planning: reunião para definir o pacote de atividades de cada Sprint;
  • Sprint Backlog: lista de atividades de um Sprint;
  • Product Backlog: lista de funcionalidades que são prioridades no projeto;
  • Product Owner (PO): gerente de projetos;
  • Daily Scrum: reunião diária dos envolvidos em um Sprint.

Como o Scrum funciona no desenvolvimento de softwares?

Lembra o exemplo do sistema de gestão para micro e pequenas empresas? Então, vamos desenvolver melhor o assunto com base nessa situação hipotética. Confira!

Informações

Tudo começa com a ideia e nessa etapa inicial é imprescindível ouvir o cliente sobre suas expectativas, necessidades, orçamento disponível, problemas, políticas e diretrizes que regem a empresa.

Assim é preparada a documentação que vai firmar relação jurídica entre as partes. Cópias de editais de licitação (caso o desenvolvimento de software seja para instituições públicas) e termos de sigilo podem estar no meio dessa papelada.

Definição do escopo

É necessário pensar nas características do produto, limites e objetivos do projeto, fatores críticos (aspectos cruciais na implementação do sistema), premissas, restrições (de custos ou datas), documentação e relatório antes do início dos Sprints na metodologia Scrum.

De tal forma a empresa de T.I. e o cliente entram em alinhamento, aumentando as chances da entrega final corresponder à expectativa do contratante. Assim o software de gestão pode ser desenvolvido de forma personalizada para uma construtora, uma indústria de calçados ou uma fábrica de café, por exemplo.

Definição da EAP

A Estrutura Analítica do Projeto expõe em template cada tarefa a ser realizada no desenvolvimento do produto, ou seja, orienta o trabalho da equipe técnica, que irá posteriormente definir em qual Sprint será alocada determinada atividade. 

A intenção é fazer a decomposição das tarefas até a menor unidade possível, em pacotes de trabalho, para assim controlar efetivamente as entregas, a qualidade, os custos, aquisições, riscos e evitar desperdícios.

Elaboração do cronograma

Com as atividades definidas é possível visualizar o tempo necessário à realização de cada pacote de trabalho, ou seja, definir o tempo de duração de cada Sprint na metodologia Scrum e o que deve ser feito em cada período. Se existe sequencialidade na execução das tarefas, a EAP vai mostrar de forma clara como uma entrega depende da outra.

A previsão de datas deve ser realista e feita com uma reserva de contingência, abrindo margem para eventuais atrasos. Prazos geram expectativas no cliente e, se quebrados, podem comprometer a relação estabelecida entre as partes.

Gerenciamento de custos, comunicação e qualidade

A atuação do desenvolvedor, a codificação, o desenvolvimento do banco de dados e a implantação com o devido treinamento da equipe na metodologia Scrum são feitos de forma ágil com o Daily Scrum.

Para tanto, é necessário que o Product Owner estabeleça parâmetros a serem seguidos por todos os envolvidos no projeto, tais como a eleição de um canal de comunicação entre eles. Assim a troca de ideias e o acompanhamento do trabalho pelos stakeholders (parceiros comerciais, investidores e clientes) ganha maior efetividade.

Estimar gastos ajuda a manter o orçamento ou ao menos evita que ele seja exageradamente extrapolado. Ainda, cabe ao gerente de projetos da metodologia Scrum fazer a ponte entre a equipe técnica e os demais interessados garantindo a qualidade da entrega e que a funcionalidade atenda às necessidades do usuário.

Como utilizar o Scrum em seu negócio?

Imagine que você seja dono de uma indústria têxtil e queira otimizar o controle das suas operações para reduzir o consumo de água na fabricação das peças, por exemplo. Ainda, seria bom ter um sistema interno em que os departamentos pudessem atuar de forma integrada no lançamento de nota a cada venda de lote realizada, certo?

A área de T.I. pode desenvolver um software de gestão com a metodologia Scrum para a administração ter maior respaldo na tomada de decisão. Assim as informações ficam todas organizadas dentro de um único sistema e é admitido o controle de métricas e metas a fim de verificar se a empresa está no caminho previsto em seu planejamento estratégico.

A metodologia Scrum otimiza a gestão e faz total diferença no desenvolvimento de produtos e serviços. Sua utilização admite a revisão constante das etapas, mitiga riscos e ampara a implementação de tecnologia nas organizações, diferencial na hora de conduzir os processos corporativos.

Gostou do assunto? Acesse nossa página para entender melhor como soluções em t.i. podem alavancar os resultados da sua empresa.

Você também pode gostar

Deixe um comentário